26 de maio de 2022

Eleições 2022: pandemia impulsiona candidaturas de nomes da Saúde

Por Victor Fuzeira, Daniele Dutra, Metropoles.com

A coordenação do combate à Covid-19, nas diversas esferas do poder público, proporcionou uma visibilidade que em alguns casos poderá ser contabilizada em votos. Entre os candidatos da eleição de 2022 estarão ex-secretários de Saúde, médicos e enfermeiras que, por razões diversas, ganharam notoriedade no decorrer da pandemia.

Boulos, Marina, Dallagnol: em quem partidos apostam como “puxadores”

De Norte a Sul do país surgem pré-candidatos como o médico Daniel Soranz, ex-secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, e a enfermeira Márcia Huçulak, ex-secretária municipal de Saúde de Curitiba.

A lista inclui ainda nomes como o da enfermeira Mônica Calazans, que não exerceu cargo de liderança mas ficou conhecida como a primeira pessoa a receber uma dose de vacina contra a Covid-19 no Brasil.

Apoio de Eduardo Paes

Na cidade do Rio, Daniel Soranz (PSD) recebeu o incentivo do prefeito Eduardo Paes para concorrer pela primeira vez em uma eleição, como candidato a deputado federal.

Soranz emergiu em pesquisas internas da sigla como um nome forte pelo reconhecimento por seu trabalho como secretário de Saúde do município e, internamente, já é considerado um potencial puxador de votos.

“Tenho mais resultados a apresentar do que muitos outros veteranos da política”, diz Soranz, já em tom de campanha.

https://www.metropoles.com/brasil/eleicoes-2022/eleicoes-2022-pandemia-impulsiona-candidaturas-de-nomes-da-saude

Related Articles