Francesa que participou de festival indígena em Mâncio Lima é mais um caso suspeito de varíola dos macacos

    Por AC24horas

    Uma francesa de nome Blandine, de 54 anos, que agora reside na Vila Santa Rosa, zona rural de Cruzeiro do Sul, está internada no Hospital do Juruá desde a última quarta-feira, 27, com sintomas da varíola dos macacos – monkeypox.

    Segundo a secretaria de Saúde do Acre, ela procurou atendimento médico apresentando lesões de pele surgidas há três meses, desde que se mudou da França para Cruzeiro do Sul. “As lesões se iniciaram logo após a chegada ao Brasil”, citou a Sesacre.

    O caso foi notificado nesta sexta-feira, 29, e é acompanhado pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde – Cievs da Regional do Juruá, juntamente à Vigilância Epidemiológica do município.

    A Sesacre informa ainda que as amostras estão sendo coletadas e serão enviadas para a Fundação Ezequiel Dias – Funed, em Minas Gerais.

    Francesa participou do Festival Atsá, em Mâncio Lima

    Blandine participou do Festival Atsá na terra indígena Puyanawa que durou seis dias e foi encerrado no último sábado, 23. Cerca de 12 mil pessoas passaram pelo local.

    Ela ficou hospedada na Terra Indígena durante todo o Festival e já apresentava lesões na pele, com aparência de uma forte alergia.

    - Publicidade -