26 de maio de 2022

Em Feijó, mulher indígena cai no rio após ser esfaqueada por marido; Filha do casal também é ferida com faca e está internada

Por G1

A Polícia Civil de Feijó investiga o caso de um indígena que esfaqueou a esposa e a filha nessa segunda-feira (25) na cidade do interior do Acre. A mulher, identificada como Anita Kulina, após ser ferida, teria caído no Rio Envira e está desaparecida. Já a criança foi levada ao hospital. 

O caso ocorreu na tarde dessa segunda em uma comunidade indígena próximo à cidade de Feijó. A informação da polícia é que o homem estaria embriago quando esfaqueou mulher e filha, uma criança com idade entre 8 e 12 anos. A polícia afirmou que a menina não tem documentos e também não fala português. 

Após a notícia de que a mulher teria caído no rio, equipes do Corpo de Bombeiros da cidade fizeram buscas. Segundo o comandante da corporação na cidade, tenente Jailton Figueiredo, foram cerca de três horas de mergulhos, mas a indígena não foi localizada. As buscas devem voltar a ser feitas nesta terça (26). 

A criança, que levou uma facada nas costas, foi levada ao hospital de Feijó e, segundo o delegado Saulo Macedo, a informação é que ela está estável. A menina deve ser transferida para o hospital de Cruzeiro do Sul. O suspeito do crime fugiu pela mata e ainda não foi localizado. 

Related Articles